agende-sua-consulta

Gastrostomia é um procedimento endoscópico utilizado para a implantação de uma sonda alimentar e é realizada em pacientes que perderam, temporária ou definitivamente, a capacidade de deglutir os alimentos, seja em conseqüência de lesões cerebrais graves ou transtornos do trato gastrointestinal superior. O procedimento só é recomendado quando há a necessidade de alimentação por longo prazo, ao menos 3 a 10 anos, quando o paciente necessita de alimentação por curtos períodos, a alimentação naso/enteral ou naso/gástrica, é a mais recomendada. A alimentação se dá de forma semelhante àquela administrada por catéter nasogástrico (através do nariz), mas nessa modalidade a entrada do cateter se dá através da parede abdominal.

O procedimento necessita de internação.

Tempo de duração do procedimento: cerca de 30 minutos.

Cuidados pós-exame: O paciente deverá retornar para sua acomodação hospitalar após recuperação anestésica. O tubo de gastrostomia deverá estar fixado ao orifício de inserção do gastrostoma pelo dispositivo de retenção e à pele com esparadrapo ou micropore. O inicio da alimentação pela sonda de gastrostomia será indicado pelo medico endoscospista. Caso haja extravasamento de suco gástrico, secreções ou acúmulo de resíduos no orifício da gastrostomia, comunique à equipe de enfermagem.

CUIDADO PARA PACIENTES DESORIENTADOS NÃO MANUSEAREM A SONDA (PODEM PUXAR E RETIRAR).

A SONDA SÓ DEVE SER MANUSEADA E O PACIENTE ALIMENTADO POR ALGUÉM TREINADO PELA EQUIPE DE SUPORTE E NUTRIÇÃO.

.

.

.